18 de mai de 2009

Filme: Taxidermia, dir. György Pálfi, 2006

Acostumados à irreverência do cinema alternativo ocidental como antídoto aos insurpotáveis clichês, tanto na arte quanto na publicidade, temos agora contundente vacina vinda do lado oriental. O diretor simplesmente avacalhou uma série deles: a glória do esporte como propaganda governamental comunista (a modalidade em questão é a comida esportiva rsrs), o orgulho do homem socialista (tamanha afinidade com o chiqueiro, um dos filhos nasce com rabo de porco), as cenas de pôr-do-sol, nadar juntos, dar comidinha na boca e por aí vai. Pra quem se acostuma com a estética forte, meio naturalista, meio surrealista, o filme torna-se uma delícia de ver. Digo que é um filme inteligente e engraçado, mas com algumas cenas nauseantes. Até o final dramático, revelando profundo entendimento dos dilemas filosóficos mais antigos (hedonismo imediatista x imortalidade e glória) demonstra uma ironia genial.

Comentário: "A história da Hungria e da Europa Central é apresentada como um conto de terror por meio da vida de três gerações (avô, pai e filho), da Primeira Guerra Mundial, passando pela implantação do regime comunista, até os dias atuais. O avô é um assistente hospitalar sonhador, em busca do amor; o pai, um homem que vive das glórias do passado e almeja desesperadamente o sucesso; o filho, um taxidermista na trilha da imortalidade. O roteiro parte de contos escritos por Lajos Parti Nagy, e a trilha sonora é assinada por Amon Tobin, que nasceu no Rio de Janeiro e pratica o trip-hop".

Sinopse:
"O filme acompanha três gerações de homens de uma mesma família húngara. Três seres aparte, cada um deles com uma estranha relação com o seu próprio corpo. Vendel Morosgoványi (Csaba Czene) é um militar de baixa patente que exterioriza as suas necessidades sexuais da melhor (e mais original) forma que pode, vivendo numa ansiedade obsessiva na quinta do seu superior. O seu filho, Kálmán Balatony (Gergely Trócsányi) pôs a render a sua compulsão por comida em concursos internacionais. Do seu casamento com Gizi Aczél (Adél Stanczel), também ela uma campeã de comida, nasce Lajos (Marc Bischoff), um escanzelado taxidermista, condenado a cuidar do seu pai imóvel e dos seus três enormes gatos".

Realização: György Pálfi.
Elenco
: Csaba Czene, Gergely Trócsányi, Piroska Molnár, Adél Stanczel, Marc Bischoff, Gábor Máté, Zoltán Koppány, Géza D. Hegedüs.
Nacionalidade: Hungria / Áustria / França, 2006.


Download do filme via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/11422143/T_D_H06.part1.rar
http://rapidshare.com/files/11423928/T_D_H06.part2.rar
http://rapidshare.com/files/11426010/T_D_H06.part3.rar
http://rapidshare.com/files/11428674/T_D_H06.part4.rar
http://rapidshare.com/files/11431232/T_D_H06.part5.rar
http://rapidshare.com/files/11433524/T_D_H06.part6.rar
http://rapidshare.com/files/11435672/T_D_H06.part7.rar
http://rapidshare.com/files/11436668/T_D_H06.part8.rar

Senha: klotser
(ao descompactar arquivos, evite copiar e colar as senhas da net, tente digitar manualmente porque assim diminuem as chances de erro)

Download da legenda em português:

http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3111510/taxidermia-pb

5 comentários:

  1. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    - Só Sites e Blogs Premiados -
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog

    http://www.vejablog.com.br/blog

    - Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética -

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo


    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    ....................................................................

    ResponderExcluir
  2. adoro o blog, ja vi a maioria dos filmes postados mas estou puxando alguns para rever e outros para descobrir, continue postando coisas bacanas!

    posso te sugerir alguns titulos ineditos no brasil para assistir, analisar e postar?

    abraço

    Pedro Henrique

    ResponderExcluir
  3. Claro, claro... seria ótimo, tenho apenas dois filmes que tenho que assistir para o mestrado, Solaris e Alexandra e depois quero assitir a um monte. Valeu, pode mandar e se quiser analisar também, manda ver. Um abraço.

    ResponderExcluir
  4. Este filme é de pirar os neoronios!

    ResponderExcluir
  5. Oi Anna, pra mim foi surpreendente, fiquei da queixo caído!

    ResponderExcluir