30 de jun de 2009

Filme: Caravaggio, dir. Derek Jarman, 1986

Tenho algo a confessar: detesto filmes teatrais, por exemplo, acho Dogville do Lars Von Trier um grande equívoco. Tentar fazer teatro filmado é jogar no lixo toda a vantagem que os recursos da película dá ao movimento cênico. No entanto, pela força da obra de Caravaggio, Jarman conseguiu, compreendendo muito bem a inovação luz-sombra-fundo do pintor, criar boas cenas, belas até. Pra mim é um filme que entra na categoria de artes plásticas. A quem é do ramo, filme obrigatório; a quem não é, pode achar monótono.
A cena do trailer é o momento em que o pintor capta o que o pensador Walter Benjamin denomina aura: os movimentos de uma contorcionista com traços angelicais, para pessoas comuns, são apenas movimentos suaves; para o artista, são movimentos de nuvem de um anjo. Esse olhar estético é uma transcendência do real por associação de imagens, que, é verdade, beira a insensatez, mas que é, de fato, hipersensibilidade voltada ao belo. E só se faz boa arte com esse olhar, que infelizmente não pode ser ensinado, daí o ar de mistério que acompanha os artistas.

Curiosidade: depois de 8 anos da morte do diretor, a atriz Tilda Swinton lhe dirige uma carta, que se torna em 2008 um documentário intitulado Derek, dirigido por Isaac Julien.

Sinopse: "Michelangelo de Caravaggio, famoso pintor da Renascença, é procurado por assassinato e foge da lei há anos. Sua única companhia é o jovem aprendiz Gerusaleme, um surdo-mudo que ele adotou ainda criança. Em seu leito de morte, Caravaggio relembra os fatos mais marcantes de sua vida. Adolescente, sobreviveu se prostituindo e pintando retratos, até ser acolhido por um cardeal. Anos mais tarde, se envolveu com o casal Lena e Ranuccio, que se tornaram seus modelos. A explosiva relação a três terminou por detonar uma série de tragédias". Do sítio Cineplayers.
Direção: Derek Jarman
Roteiro: Nicholas Ward Jackson (história), Derek Jarman, Suso Cecchi d'Amico
Gênero: Drama/Histórico
Origem: Reino Unido
Duração: 93 minutos
Trailer:


Download via rapidshare:
http://rapidshare.com/files/49460336/djcrvagg.part1.rar
http://rapidshare.com/files/49463593/djcrvagg.part2.rar
http://rapidshare.com/files/49466345/djcrvagg.part3.rar
http://rapidshare.com/files/49469198/djcrvagg.part4.rar
http://rapidshare.com/files/49472389/djcrvagg.part5.rar
http://rapidshare.com/files/49475088/djcrvagg.part6.rar
http://rapidshare.com/files/49478552/djcrvagg.part7.rar
http://rapidshare.com/files/49479520/djcrvagg.part8.rar


Download da legenda em português:
http://www.divshare.com/download/7791014-eb1

27 de jun de 2009

Filme: Brutti, Sporchi e Cattivi (Feios, Sujos e Malvados) dir. Ettore Scola, 1976

Sem dúvida alguma um dos maiores filmes já realizados. De uma acidez em relação à condição humana praticamente insuperável. Além de ser um dos mais engraçados de todos. Cada detalhe vale a pena ser visto e revisto. Facilmente figura entre os meus preferidos!

Sinopse: "Giacinto (Nino Manfredi em grande atuação) mora com a esposa, os dez filhos e vários parentes, num barraco de uma favela de Roma. Todos querem roubar o dinheiro que ele ganhou do seguro, por ter perdido um olho quando trabalhava. A situação fica ainda pior quando ele decide levar uma amante para dentro de casa.

Feios, Sujos e Malvados é uma comédia social corrosiva, em que Scola dialoga, de maneira brilhante, com Accattone - Desajuste Social, de Pasolini".

Trailer:


CD1

http://rapidshare.com/files/23780676/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part1.rar
http://rapidshare.com/files/23785280/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part2.rar
http://rapidshare.com/files/23799624/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part3.rar
http://rapidshare.com/files/23805632/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part4.rar
http://rapidshare.com/files/23814320/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part5.rar
http://rapidshare.com/files/23832788/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part6.rar
http://rapidshare.com/files/23843714/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part7.rar
http://rapidshare.com/files/23846151/DAD_CD1_BY_SCOTOBUKI.part8.rar

CD2
http://rapidshare.com/files/23860482/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part1.rar
http://rapidshare.com/files/23934265/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part2.rar
http://rapidshare.com/files/23955196/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part3.rar
http://rapidshare.com/files/23961318/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part4.rar
http://rapidshare.com/files/23968227/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part5.rar
http://rapidshare.com/files/23977032/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part6.rar
http://rapidshare.com/files/23988877/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part7.rar
http://rapidshare.com/files/23991788/DAD_CD2_BY_SCOTOBUKI.part8.rar
senha:
oldscot
Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pb/download/sub/92584

OU

http://rapidshare.com/files/18668407/EScola-Brutti.part01.rar
http://rapidshare.com/files/18671130/EScola-Brutti.part02.rar
http://rapidshare.com/files/18674024/EScola-Brutti.part03.rar
http://rapidshare.com/files/18677371/EScola-Brutti.part04.rar
http://rapidshare.com/files/18681069/EScola-Brutti.part05.rar
http://rapidshare.com/files/18684242/EScola-Brutti.part06.rar
http://rapidshare.com/files/18688059/EScola-Brutti.part07.rar
http://rapidshare.com/files/18691755/EScola-Brutti.part08.rar
http://rapidshare.com/files/18695361/EScola-Brutti.part09.rar
http://rapidshare.com/files/18699209/EScola-Brutti.part10.rar
http://rapidshare.com/files/18703330/EScola-Brutti.part11.rar
http://rapidshare.com/files/18707369/EScola-Brutti.part12.rar
http://rapidshare.com/files/18711347/EScola-Brutti.part13.rar
http://rapidshare.com/files/18715867/EScola-Brutti.part14.rar
http://rapidshare.com/files/18553492/EScola-Brutti.part15.rar

Legenda em português:


http://www.megaupload.com/?d=E0F3WXT6

Senha: www.AvaxHome.ru
Ou
Torrent

26 de jun de 2009

Filme: Tillsammans (Together, Juntos), Dir. Lukas Moodysson, 2000

Outro bom filme de Lukas Moodysson.
Numa república hipponga na Suécia dos anos 70, revela-se bem o conflito entre liberalização dos costumes, dentro de uma reforma ideológica, e paixões primárias, tais como ciúme e posse. Bons diálogos e boas atuações.

Sinopse: "O ano é 1975. Cansada do marido, Elizabeth, uma dona de casa dos subúrbios da capital sueca, pega suas malas e seus filhos e muda-se para a casa do seu irmão Göran. Göran leva uma vida diferente da irmã; vive numa comunidade alternativa habitada por pessoas de cabelo comprido que discutem política, sexo livre e bebem muito vinho tinto. A fusão dessas duas realidades altera a vida de todos. O filme acompanha não só as diferenças entre os dois estilos de vida, mas os conflitos que existem na comunidade alternativa e fora dela".

Diretor:Lukas Moodysson.
País: Suécia, Dinamarca, Itália
Ano: 2000
Tempo: 106 min.
Gênero: Comedy | Drama



Download via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/152468814/TLLmmns_Grnxo.part1.rar
http://rapidshare.com/files/152483516/TLLmmns_Grnxo.part2.rar
http://rapidshare.com/files/152469235/TLLmmns_Grnxo.part3.rar
http://rapidshare.com/files/152469332/TLLmmns_Grnxo.part4.rar
http://rapidshare.com/files/152486887/TLLmmns_Grnxo.part5.rar
http://rapidshare.com/files/152469375/TLLmmns_Grnxo.part6.rar
http://rapidshare.com/files/152487179/TLLmmns_Grnxo.part7.rar


Ou via megaupload
  1. http://www.megaupload.com/?d=BHQLAIQA
  2. http://www.megaupload.com/?d=YSBFJOHL
  3. http://www.megaupload.com/?d=VG8KVRW5
  4. http://www.megaupload.com/?d=CHI2SWW1
  5. http://www.megaupload.com/?d=RB97JLTW
  6. http://www.megaupload.com/?d=T6I7Y57P
  7. http://www.megaupload.com/?d=Y3VTTJHG

Download da legenda em português:

http://www.megaupload.com/?d=4PFEDQCI

ou
http://www.divshare.com/download/7761945-45c

24 de jun de 2009

Utópica Trupe

Há um pessoal de cinema que criou um serviço de autobiografia digital, com edição, roteiro e os cambau. Pode ser uma alternativa interessante para registrar a vida dos mais velhos.
Confiram no link :

http://www.utopicatrupe.com.br/

22 de jun de 2009

Filme: Germania Anno Zero (Alemanha Ano Zero), dir. Roberto Rossellini, 1947

A maioria dos diretores, muito diferentemente de Buñuel, não domina o tempo do espectador e passam vários segundos mostrando uma cena só, sem entender que isso causa tédio. O garoto sobe as escadas e é acompanhado degrau por degrau, ele caminha na rua e é acompanhado passo por passo, isso pra mostrar a destruição de fundo. Essa lerdeza geralmente afasta os espectadores de hoje, que torcem a cara para filmes com temas importantíssimos, mas com pouca mobilidade.
Aos cinéfilos, historiadores, intelectuais é obra de referência, a quem está começando a se interessar pelos movimentos, há vários outros na frente da fila: Feios, Sujos e Malvados, Ladrão de Bicicleta, Umberto D, Roma, cidade aberta etc.

Sinopse: "Após a 2ª Guerra Mundial, um garoto precisa sustentar sua família. É quando ele passa a considerar a possibilidade de matar seu pai, para cortar gastos".

Alemanha Ano Zero é um filme neo-realista de Roberto Rossellini lançado em 1948 e rodado em Berlim. A obra completa a trilogia sobre o pós-guerra do diretor da qual pertencem também Roma, Cidade Aberta e Paisà, embora estes tenham sido realizados na Itália. O filme explora a ferida deixada pelo Nazismo, que afetou de forma terrível e profunda uma geração simbolizada na obra pelo protagonista.

Título Original: Germania, Anno Zero
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 78 minutos
Ano de Lançamento (Itália): 1947
Estúdio: Tevere Film / UGC Images / DEFA-Studio für Spielfilme / Produzione Salvo D'Angelo
Distribuição: Superfilm Distributing Corporation
Direção: Roberto Rossellini

Trailer:

Download do filme:
http://www.mandamais.com.br/download/?codigo=dcic135200817585
http://www.mandamais.com.br/download/?codigo=kjk11352008235037

ou

http://rapidshare.com/files/155534859/Germania.part01.rar
http://rapidshare.com/files/155535640/Germania.part02.rar
http://rapidshare.com/files/155537251/Germania.part03.rar
http://rapidshare.com/files/155539877/Germania.part04.rar
http://rapidshare.com/files/155540569/Germania.part05.rar
http://rapidshare.com/files/155541350/Germania.part06.rar
http://rapidshare.com/files/155542193/Germania.part07.rar
http://rapidshare.com/files/155542841/Germania.part08.rar
http://rapidshare.com/files/155543451/Germania.part09.rar
http://rapidshare.com/files/155544053/Germania.part10.rar
http://rapidshare.com/files/155546248/Germania.part11.rar
http://rapidshare.com/files/155546960/Germania.part12.rar
http://rapidshare.com/files/155547980/Germania.part13.rar

21 de jun de 2009

Filme: Red Road (Marcas da Vida), dir. Andrea Arnold, 2006

Realismo britânico sobre vingança seguindo o dogma dinamarquês de Lars Von Trier.
Achei o filme meio monótono no início, com uma viradinha meio clichê, mas muita gente boa gostou das tomadas feitas pelas câmeras de vigilância, do sexo explícito e tal...

Por isso não canso de lembrar a questão do gosto.
Assinale a alternativa correta.

Gosto é que nem cu:
a) cada um tem o seu;
b) por ali só passa merda;
c) tem que cuidar senão fede;
d) fica longe do meu que fico longe do seu;
e) nda;


Realização
: Andrea Arnold.
Elenco
: Kate Dickie, Tony Curran, Martin Compston, Nathalie Press, Andrew Armour
Nacionalidade: Reino Unido / Dinamarca, 2006.



Sinopse: "Operadora de circuitos de câmeras de segurança na periferia da cidade escocesa Glasgow, Jackie (Kate Dickie) vive seu cotidiano a partir da rotina de anônimos que passam pelas ruas, no longa-metragem Marcas da Vida (Red Road), de Andrea Arnold. Ela sente-se seduzida a vê-los de perto, mas sem interferir. Seu trabalho lhe permite escolher o que ver, a quem vigiar. Até que, certo dia, ela observa em um dos monitores Clyde Henderson (Tony Curran) - recém saído da prisão - por quem ela nutre estranha atração, andando solto pelas ruas e habitando o condomínio Red Road que dá título original ao filme".
Crítica: Revista de Cinema
Trailer:


Download via rapidshare:
http://rapidshare.com/files/18615851/Red.Road.part01.rar
http://rapidshare.com/files/18615898/Red.Road.part02.rar
http://rapidshare.com/files/18616070/Red.Road.part03.rar
http://rapidshare.com/files/18616058/Red.Road.part04.rar
http://rapidshare.com/files/18615916/Red.Road.part05.rar
http://rapidshare.com/files/18615933/Red.Road.part06.rar
http://rapidshare.com/files/18615906/Red.Road.part07.rar
http://rapidshare.com/files/18615956/Red.Road.part08.rar
http://rapidshare.com/files/18615925/Red.Road.part09.rar
http://rapidshare.com/files/18615843/Red.Road.part10.rar
http://rapidshare.com/files/18615934/Red.Road.part11.rar
http://rapidshare.com/files/18615868/Red.Road.part12.rar
http://rapidshare.com/files/18615861/Red.Road.part13.rar
http://rapidshare.com/files/18615984/Red.Road.part14.rar
http://rapidshare.com/files/18614204/Red.Road.part15.rar

Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pt/download/sub/3117470

20 de jun de 2009

Filme: Punk Love, dir. Nick Lyon, 2006

Cinemão americano, mistura de Cristiane F. e Sid Vicious light.
Tirando o monte de frase besta sobre amor, até vai pra quem já trabalhou, leu, namorou, malhou, arrumou a casa, pagou as contas, fez a sobrancelha, depilou as costas, cortou as unhas e ainda sobrou um tempinho livre...

Formato: Rmvb
Direção: Nick Lyon
Áudio: Inglês
Legenda: Português
Tamanho: 306 Mb
Duração:
81 Minutos

Sinopse: "O amor marginal de dois adolescentes, marcado por crimes, drogas e violência. Chad Lindberg e Emma Bing são duas almas perdidas à procura de salvação em Darkly este drama escuro, filmado na chuva das ruas de Portlands Underbelly. . Vencedor do Festival Independente de Roma 2007".
Trailer:

Download via easyshare:
http://w13.easy-share.com/1702604031.html
http://w15.easy-share.com/1702604052.html
http://w16.easy-share.com/1702598066.html
http://w18.easy-share.com/1702590726.html

19 de jun de 2009

Filme: Uro _ Força Policial, dir. Stefan Faldbakken, 2006

Pra quem quer um policial norueguês do tipo lá vai fogo, esse até que é assistível, bem agitado o treco. Policial, ex-delinquente juvenil, infiltrado no narcotráfico.
Os branquelos lá de cima também gostam de um veneno pra espantar o tédio!

Sinopse
"Hans Petter está determinado a começar a fazer as coisas certas. Para isso, ele abandona sua vida de delinquência e se une ao grupo de elite da polícia chamado URO. Eles atuam lutando contra o crime organizado e o tráfico de drogas. Logo no começo, na ânsia de se infiltrar rápido na rede de violência, ele viola algumas regras da polícia e se encontra envolvido numa série de mentiras, que ultrapassa os limites dos dois lados da lei. Quando sua antiga amiga Mette reaparece, ele percebe que sua atual missão está totalmente ligada à sua vida de antes e que tudo o que fez para escapar foi em vão. Seu próprio passado está voltando para assombrá-lo".

Duração: 104
Gêneros: Action/Crime/Thriller
País: Norway
Dirigido por: Stefan Faldbakken
Produzido por: Knud Bjørne Larsen
Atores: Nicolai Cleve Broch, Ane Dahl Torp, Ahmed Zeyan, Ingar Helge Gimle, Eivind Sander, Kim Sørensen, Nicole Madeleine Aurdal, Nicolas Bro, Thorsten Flinck, Bjørn Floberg, Heidi Gjermundsen, Vidar Rinde Halvorsen, Gunnar Lien Holsten, Nicholas Hope, Bartek Kaminski, Anne Krigsvoll, Anne Ryg, Marlene Vilberg


Trailer:

Download via rapidshare:
http://rapidshare.com/files/112716240/URO_20a_20For_C3_A7a_20Policial.by.MARCIUSS.www.therebels.com.br.avi.part1.rar
http://rapidshare.com/files/112716168/URO_20a_20For_C3_A7a_20Policial.by.MARCIUSS.www.therebels.com.br.avi.part2.rar
http://rapidshare.com/files/112716172/URO_20a_20For_C3_A7a_20Policial.by.MARCIUSS.www.therebels.com.br.avi.part3.rar
http://rapidshare.com/files/112716050/URO_20a_20For_C3_A7a_20Policial.by.MARCIUSS.www.therebels.com.br.avi.part4.rar


Download da legenda em português:
http://www.legendasfilmes.com/download/filme/2161546d315990b9a3a9620896e802547b950a6c/

18 de jun de 2009

Filme: Vier Minuten (Quatro Minutos), dir. Chris Kraus, 2006

Sinopse: "Jenny é uma mulher jovem cuja vida acabou. Presa por assassinato em uma penitenciária feminina, ela não demonstra qualquer remorso. Mas por trás de sua fachada impenetrável, esconde-se um surpreendente talento musical. Quando uma professora de piano de oitenta anos descobre os segredos da garota - sua brutalidade e seus sonhos - ela decide transformar Jenny no prodígio musical que ela já foi no passado".

Destaco a cena: ao final da apresentação erudita baixa o Sivuca nela e ela tira som até do pé do piano, cena suficiente pra valer o ingresso, parabéns pelos grandes atores da nova geração alemã.
Enquanto isso, atores com talento no Brasil padecem cheirando mofo nos teatros caindo aos pedaços e o puteiro da Globo se encarrega de projetar novos rostinhos ao pseudocinema nacional (que exagero, tô parecendo torcedor da geral hehehe)! Gostei desse filme, mais pelas atuações do que pelo enredo.

Vier Minuten – Quatro Minutos (2006)
Drama - 100 minutos
Produção: Alemanha
Direção: Chris Kraus
Elenco: Monica Bleibtreu, Hannah Herzsprung, Sven Pippig, Richy Müller

Trailer:

Download via megaupload:
http://www.megaupload.com/?d=NUKWG2KV

ou via rapidshare:
CD1


CD2

http://rapidshare.com/files/90597304/empire-vier.minutes.b.part1.rar
http://rapidshare.com/files/90597677/empire-vier.minutes.b.part2.rar
http://rapidshare.com/files/90597981/empire-vier.minutes.b.part3.rar
http://rapidshare.com/files/90598305/empire-vier.minutes.b.part4.rar
http://rapidshare.com/files/90598600/empire-vier.minutes.b.part5.rar
http://rapidshare.com/files/90598911/empire-vier.minutes.b.part6.rar
http://rapidshare.com/files/90599285/empire-vier.minutes.b.part7.rar


Download da legenda em português:

http://www.opensubtitles.org/pb/download/sub/3382595

17 de jun de 2009

Filme: Babel, dir. Alejandro González Iñárritu, 2006

Paira sobre o cinemão ianque um dogma dos mais cretinos: a desgraça só pode ser fruto ou do acaso, ou de falha pessoal (o loser), ou por obra de um vilão, nunca por razões históricas (até quando tentam retratar a escravidão negra se reduzem ao caso particular do herói, em vez da funcionalidade total do sistema).
Caro diretor, se eu amarrasse uma câmera no rabo de um cachorro e soltasse o bicho na Paulista, teria um filmão com base na desgraça casual, por isso a casualidade não fundamenta arte de boa qualidade! Esta raridade, arte excelente, por essência, exige o uso da reflexão sobre o modo como vivemos, como vivíamos e como viveremos, caso contrário o rabo do cachorro seria o maior diretor de todos os tempos!
Esse filme, apesar da boa influência do cinema pensante, independente, já que a estrura do enredo é mais interessante que a norma industrial roliudiana, ainda padece do vício mencionado, o que pra mim é ridículo a um diretor que se pretenda sério (sério no sentido metafórico, porque a seriedade é outra forma de burrice rsrsr). Contudo vale a pena vê-lo com pipoca entre os dentes, afinal, apesar de todas as próteses, ninguém é de ferro.
Trailer:

Download via rapidshare:
http://rapidshare.com/files/53682186/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part01.rar
http://rapidshare.com/files/53687594/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part02.rar
http://rapidshare.com/files/53689593/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part03.rar
http://rapidshare.com/files/53761353/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part04.rar
http://rapidshare.com/files/53737148/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part05.rar
http://rapidshare.com/files/53738543/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part06.rar
http://rapidshare.com/files/53745297/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part07.rar
http://rapidshare.com/files/53745495/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part08.rar
http://rapidshare.com/files/53746291/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part09.rar
http://rapidshare.com/files/53752220/Babel_2006_DvDrip_Eng_-aXXo-by-Asif.part10.rar

Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pt/subtitles/3379420/babel-pb

16 de jun de 2009

Filme: Lola, dir. Fassbinder, 1981

Só os grandes sabem entrelaçar economia, filosofia, política e dramas pessoais. Fassbinder era um desses e Lola seja talvez seu maior exemplo. Ótima trama, diálogos brilhantes e final melhor ainda. O duro é perceber que o pensamento do empreiteiro, um burguês que outrora soaria seboso, prevalece hoje como senso comum. Todos os nossos discursos sobre moral, amor, princípios etc. sucumbiram ao interesse por status, dinheiro, fama e bens de consumo e o que antes era uma caricatura para escandalizar, hoje é senso comum perfeitamente aceitável. A vida do planeta é hoje decidida pela interação caótica entre empreiteiros, banqueiros, burocratas e pelos sussuros de suas putas e putos.

Sinopse:"Alemanha, outono de 1957. Lola, uma sedutora prostituta e cantora de cabaré, orgulha-se de ser uma conquistadora de homens. Quando conhece um respeitado funcionário público, ela fará de tudo para conquistá-lo e ascender numa sociedade, onde tudo e todos estão à venda. Crítica ácida ao milagre econômico da Alemanha do pós-guerra, Lola é a homenagem de Fassbinder ao clássico O Anjo Azul (1936), de por Josef Von Sternberg, outro mestre do cinema alemão".

Título Original: Lola Direção: Rainer Werner Fassbinder Elenco: Barbara Sukowa, Armin Mueller-Stahl e Mario Adorf Ano de Produção: 1981 Duração: 115 minutos Gênero: Drama
País: Alemanha
Trailer:

Download via megaupload:
http://www.megaupload.com/?d=PC07WLV4
http://www.megaupload.com/?d=8L38LMIC
http://www.megaupload.com/?d=8LRH24H3
http://www.megaupload.com/?d=Y5JERLT0

Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3113811/lola-pb

15 de jun de 2009

Filme: Viskningar Och Rop (Gritos e Susurros, Cries and Whispers) dir. Ingmar Bergman, 1972

Esse filme é uma espécie de denúncia sobre como o teatro social sufoca, principalmente a burguesia nascente, que é uma imitação do comportamento da aristocracia falida assim como os novos ricos a imaginavam. Isto é, uma nova sociedade imitando uma cópia de um modelo que por si só já é fajuto. A nova burguesia imitando a imagem de uma aristocracia que ela mesma imaginou! É a fórmula da desgraça! Pessoas que não riem, que não se tocam, que mentem até perder o lastro da realidade e por aí vai.
Mais uma brilhante obra do mestre Ingmar, que às vezes flerta com o teatro, às vezes com as artes plásticas.


DIRETOR: INGMAR BERGMAN
GÊNERO: DRAMA
DIÁLOGO: SUECO
LEGENDA: PORTUGUÊS
TAMANHO: 299MB
FORMATO: RMVB


Sinopse:
"Em uma casa no campo uma mulher está bastante enferma e recebe cuidados de suas duas irmãs e de uma empregada da família, que precocemente perdeu sua filha e por isso extravasa seu amor de mãe dando o maior carinho possível para aquela moça tão debilitada. Dentro deste contexto lembranças, frustrações e imaginações em um misto de amor e ódio surgem no interior de cada pessoa".
Trailer:

Downlaod via megaupload (legenda embutida):

http://www.megaupload.com/?d=BW2O4BJN
http://www.megaupload.com/?d=XBFZNQ5D
http://www.megaupload.com/?d=35EGR3JR

Download via rapidshare:
http://rapidshare.com/files/304457/Cries.and.Whispers.part1.rar
http://rapidshare.com/files/304464/Cries.and.Whispers.part2.rar
http://rapidshare.com/files/304462/Cries.and.Whispers.part3.rar
http://rapidshare.com/files/304459/Cries.and.Whispers.part4.rar
http://rapidshare.com/files/304461/Cries.and.Whispers.part5.rar
http://rapidshare.com/files/304460/Cries.and.Whispers.part6.rar
http://rapidshare.com/files/304465/Cries.and.Whispers.part7.rar
http://rapidshare.com/files/304253/Cries.and.Whispers.part8.rar

Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3371945/viskningar-och-rop-pb

14 de jun de 2009

Filme: Kolya _ Uma Lição de Amor, dir. Jan Sverak, 1996

É um daqueles dramas sem pretensão que nos marcam quase sem querer. Leve e bonito ao mesmo tempo. O garotinho é uma figura! Vale a pena sem dúvida.

Destaco a cena: a avó morre sem que alguém explique ao garoto, ele, no banheiro, chorando de saudade, liga pra ela usando a pequena ducha do chuveiro.


Sinopse: "Na República Tcheca durante o período de ocupação soviética, por motivos políticos um violinista é impedido de trabalhar. Certo dia conhece uma jovem russa que precisa de marido tcheco para regularizar sua situação. Por dinheiro, decide ajudar, mas a polícia desconfia e ele, de início, quer se ver livre da criança. A mulher foge e lhe deixa o filho Kolya. Apesar de solteirão convicto, a relação dos dois aos poucos se estreita e... Oscar de melhor filme estrangeiro".

Direção: Jan Sverak
Duração: 101 min
Gênero: Rep. Tcheca
Ano: 1996

Trailer:



Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3410490/kolya-pb

13 de jun de 2009

Filme: Mandragora, dir. Wiktor Grodecki, Mirek Caslavka, 1997

Pra quem tem curiosidade sobre a República Tcheca... não gostei muito desse filme, parece meio precário. O assunto é relevante, exploração sexual masculina, garotos entre 14 e 17 anos usados no mercado da carne.

Direção: Wiktor Grodecki, Mirek Caslavka
Elenco: Pavel Skripal, Miroslav Breu, Karel Polisensky, Kostas Zedraloglu, Richard Toth, Jiri Kodes
Ano: Janeiro de 1997
Tempo: 129 min
País: República Tcheca










Trailer:

Download do filme via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/203855545/Mandragora.avi.008.html
http://rapidshare.com/files/203855385/Mandragora.avi.007.html
http://rapidshare.com/files/203844463/Mandragora.avi.006.html
http://rapidshare.com/files/203844451/Mandragora.avi.005.html
http://rapidshare.com/files/203844364/Mandragora.avi.004.html
http://rapidshare.com/files/203830693/Mandragora.avi.003.html
http://rapidshare.com/files/203830652/Mandragora.avi.002.html
http://rapidshare.com/files/203830689/Mandragora.avi.001.html


Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3408888/mandragora-pb

12 de jun de 2009

Filme: La Bataille d'Alger (A Batalha de Argel), dir.Gillo Pontecorvo, 1965

Um dos meus filmes favoritos. Nessa época, gostei da definição que Sartre dá ao De Gaulle: o ego para os psicanalistas vive espremido entre o id (desejo absoluto) e o superego (autocensura), assim como nosso De Gaulle, espremido entre a vontade dos USA e URSS.

Sinopse
"O filme retrata a revolução que houve na Argélia na década de 50. A população desse país queria se libertar dos franceses, que por sua vez queriam manter a Argélia como colônia. A tortura realizada pelos soldados da França contrasta com as bombas caseiras utilizadas pelos argelianos".

Tamanho: 405.87 MB
Áudio: Francês, Árabe
Legenda: Português
Formato: RMVB
Gênero: Drama, Guerra

Trailer e comentário:

A cara de pau dos milicos franceses:
"O coronel encarregado da repressão à rebelião expressa seu desagrado com a dificuldade que representa ter um nome do peso de um Sartre contra sua estratégia. Um artigo num jornal da metrópole cria dificuldades políticas para a autoridade do Estado (defendendo o uso da tortura e execução sumária), dificultando e atrasando a tarefa da repressão".


P.S Rito sumário em direito processual é o mais breve e sem entraves possível, entenda-se: execução sem julgamento.
O Princípio do Devido Processo Legal (isso, sou filósofo, mas fiz 4 anos de Direito na PUC), ou seja, ninguém pode ser julgado sem direito a defesa é uma pedra de toque do Estado de Direito, tão universalmente defendido pela própria França, maior "defensora do republicanismo". Mas é aquele negócio... faça o que eu falo, não o que eu faço!

O filme ficou proibido na França até 1971 e no Brasil durante a Ditadura Militar. Recebeu 3 indicações ao Oscar, nas categorias de Melhor Diretor, Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Roteiro Original. Ganhou o Leão de Ouro e o prêmio Fipresci no Festival de Veneza de 1966.

Sobre o diretor: Gillo Pontecorvo era um jovem tenista playboy que viajava a Europa disputando torneios internacionais. Foi depois de um desses, em Paris, que conheceu e se aproximou de gente como Picasso, Stravinsky e Sartre. Pouco tempo depois, se tornaria um dos maiores diretores do cinema político da nossa história. Graças à sua noção de movimentação adquirida no tênis de competição ele conseguiu dar velocidade às cenas e criou uma obra de referência para o cinema.



Download do filme via megaupload (legenda já embutida):
http://www.megaupload.com/pt/?d=HZE33TFJ

Download da legenda em português (pra quem quiser):
http://rapidshare.com/files/155130699/A_Batalha_de_Argel.zip.html

11 de jun de 2009

Filme: El Baño del Papa (O Banheiro do Papa), dir.César Charlone e Enrique Fernandez

O filme é bem explícito.
Quem ainda dá suporte a esses viados de vestido? Papa, bispo, padre... mataram milhões só na América, pregam até hoje o valor do sofrimento, implantaram a idéia de hierarquia social (a pior desgraça política já ocorrida no mundo, o argumento de autoridade simplesmente soterrou a inteligência e o talento), cultuam o obscurantismo, dominam o mercado imobiliário da Europa, extorquem dinheiro do planeta inteiro... é o fim da picada.
Ainda bem que há intelectuais e artistas pra manter a luz do pensamento acesa! Baseado em acontecimento relativamente recente, com muita graça, a obra mostra mais uma cidade vítima desses palhaços.

CINEASTA: CÉSAR CHARLONE / ENRIQUE FERNÁNDEZ
GÊNERO: DRAMA
DIÁLOGO: ESPANHOL
LEGENDA: PORTUGUÊS
TAMANHO: 340MB
FORMATO: RMVB

SINOPSE: "1998, cidade de Melo, na fronteira entre o Brasil e o Uruguai. O local está agitado, devido à visita em breve do Papa. Milhares de pessoas virão à cidade, o que anima a população local, que vê o evento como uma oportunidade para vender comida, bebida, bandeirinhas de papel, souvenires, medalhas comemorativas e os mais diversos badulaques. Beto (César Trancoso), um contrabandista, decide criar o Banheiro do Papa, onde as pessoas poderão se aliviar durante o evento. Mas para torná-lo realidade ele terá que realizar longas e arriscadas viagens até a fronteira, além de enfrentar sua esposa Carmen (Virginia Mendez) e o descontentamento de Silvia (Virginia Ruiz), sua filha, que sonha em ser radialista.
Esse é o primeiro filme de Charlone e de Fernández, gravado - entre outros lugares - em Aceguá, no Rio Grande do Sul, na divisa do Brasil com o Urugüai. O Banheiro do Papa recebeu 3 indicações ao Grande Prêmio Cinema Brasil, nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (César Trancoso) e Melhor Roteiro Original; Ganhou 5 Kikitos de Ouro no Festival de Gramado, nas categorias de Melhor Filme - Júri Popular, Melhor Ator (César Troncoso), Melhor Atriz (Virginia Mendez), Melhor Roteiro e o Prêmio da Crítica; e ganhou o prêmio de Melhor Roteiro, no Festival de Cinema Latino-Americano de Huelva".

Sobre o diretor: "O cineasta César Charlone (O Banheiro do Papa), que há mais de 30 anos adotou o Brasil, está feliz com o desenvolvimento da indústria cinematográfica latino-americana. Mas ainda acha que há muito a ser feito pela divulgação dos filmes dos hermanos. "Há 30 anos que faço essa militância pelo cinema latino-americano. Ainda mais aqui no Brasil, um país muito mais voltado para outros lugares do mundo do que para seus vizinhos", critica o diretor. Charlone acredita que ainda há muito o que se fazer. Principalmente no que diz respeito à distribuição e exibição desses filmes, incluindo aí os brasileiros. "As autoridades não estimulam a exibição, a imprensa não dá todo o apoio que deveria e o cinema ainda é muito caro".
O diretor diz que tem pensado muito no assunto e, uma de suas sugestões é justamente o barateamento dos ingressos como forma de incentivo. "As produções latino-americanas podiam ter entradas mais baratas, além de serem exibidas fora do circuito dos shoppings", afirma Charlone.
Bem... de fato, o cinema uruguaio tomou uma forma bem maior depois da virada do século, a produção de filmes cresceu consideravelmente. Espera-se o mais".

Trailer:

http://rapidshare.com/files/240427192/CinemaCultura.blogspot.com_OBanhDoPp.part1.rar
http://rapidshare.com/files/240427195/CinemaCultura.blogspot.com_OBanhDoPp.part2.rar
http://rapidshare.com/files/240462333/CinemaCultura.blogspot.com_OBanhDoPp.part3.rar
http://rapidshare.com/files/240462336/CinemaCultura.blogspot.com_OBanhDoPp.part4.rar

10 de jun de 2009

Filme: Okuribito (A Partida), dir.Yojiro Takita, 2008

Todos nós morremos, mas poucos de nós alcança em vida medir a real extensão da falta de alguns dos nossos se acaso morresse.
Tanta tolice, tanto desprezo vão, tantas pequenas intrigas, tanto desgaste nas relações e tudo se reduz a nada quando aquele que participou efetivamente de nosso cotidiano, com seus mínimos gestos e pequenos brilhos, jaz ali, em carne morta.
Não há pedido de desculpa, declaração de amor ou súplica que logre a volta dos ponteiros.
O morto está ali, com o fim exposto, definitivamente e sem remédio. Sua pele é rígida e do olho nada se vê.
Aos arrepedimentos em vida, aquele adeus que não demos, aquele bom dia que esquecemos, aquele amor não declarado, o elogio guardado, o não-abraço, o aniversário esquecido..., a sensação do luto assemelha-se ao rosto em carne viva, sobre o qual toda lágrima é uma chama.

Diretor: Yojiro Takita
Gênero: Drama
Local: Japão
Duração: 130 min
Roteirista(s): Kundo Koyama
Elenco: Masahiro Motoki, Tsutomu Yamazaki, Ryoko Hirosue, Kazuko Yoshiyuki, Kimiko Yo, Takashi Sasano, Tôru Minegishi, Tetta Sugimoto, Yukiko Tachibana, Tatsuo Yamada


Trailer:

Sinopse
: "Daigo Kobayashi é um jovem casado que acabou de ser dispensado da orquestra na qual tocava violoncelo. De repente, vagando pelas ruas sem emprego ou mesmo esperanças em relação à carreira, Daigo decide voltar para sua cidade natal na companhia da esposa. Lá, o único trabalho imediato que lhe aparece é como "nokanshi", uma espécie de coveiro especial responsável pela cerimônia de lavagem e vestimenta dos mortos antes que suas almas caminhem para o outro mundo. Daigo comporta-se com seriedade, algo como um burocrata, um porteiro entre o céu e a terra. Ocorre que seu trabalho é simplesmente desprezado pela esposa de Daigo e por todos ao seu redor. Mas é através da morte que ele finalmente compreende o sentido da vida". Sítio e-pipoca.

Morta há 9 anos, ele fala da esposa:
"Eventualmente a morte separa os casais, mas é muito duro ser aquele que sobreviveu" Sua profissão é a de promover o ritual de passagem do falecido...

Sobre o diretor Yojiro Takita:
"Famoso no Japão por dirigir uma série de comédia pornô (os chamados "pink films", em que as cenas sexuais são mais "soft"), o diretor explica um pouco por que decidiu falar sobre a morte em "A Partida", que demorou de 10 a 15 anos para ser concluído. O filme acompanha um violoncelista que, orquestra dissolvida, acaba conseguindo um emprego de preparador de cadáveres (num belo ritual, na frente da família, ele troca, limpa e arruma o corpo a ser enterrado)". Cristina Fibe

Download via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/211756257/dep.part01.rar
http://rapidshare.com/files/211760392/dep.part02.rar
http://rapidshare.com/files/211764245/DEP.part03.rar
http://rapidshare.com/files/211768289/dep.part04.rar
http://rapidshare.com/files/211772630/dep.part05.rar
http://rapidshare.com/files/211777093/dep.part06.rar
http://rapidshare.com/files/211781366/dep.part07.rar
http://rapidshare.com/files/211785531/dep.part08.rar
http://rapidshare.com/files/211790039/dep.part09.rar
http://rapidshare.com/files/211794866/dep.part10.rar
http://rapidshare.com/files/211799244/dep.part11.rar
http://rapidshare.com/files/211813660/dep.part12.rar
http://rapidshare.com/files/211821848/dep.part13.rar
http://rapidshare.com/files/211822340/dep.part14.rar
http://rapidshare.com/files/211827691/dep.part15.rar


Download da legenda em português:

http://www.legendasfilmes.com/download/filme/3cab0fd492f10b409b776eb2fd7090ad85b88c76/

9 de jun de 2009

Filme: Shortbus, dir. John Cameron Mitchell, 2006

Pela lei de ação e reação, nos homens, todo movimento de repressão desencadeia outro tipo de servidão, a do libertário superlativo, exagerado. Há muitos resistentes: esquerdistas, feministas, negros, latinos, homossexuais que, por lutarem desesperadamente contra o preconceito, pecam por excesso e acabam se tornando sua própria caricatura, e passam a se reduzir numa só coisa, por exemplo: ser gay. Ora, muito mais libertário foi Jean Genet que, pela inteligência fora do comum, nunca se deixou reduzir sob rótulo algum e brincava com todo tipo de carimbo que lhe queriam bater: pederasta, marginal, ladrão, ex-presidiário, poeta, cineasta, romancista, misantropo, nazista, entreguista, francês etc. O único rótulo que se permitiu foi ele mesmo quem criou, não me lembro se foi no livro Nossa Senhora das Flores ou no Diário de um Ladrão: Jean Genet, o fraco mais forte.
Nesse filme em questão, o diretor Mitchell brinca com a necessidade de descompressão sexual e cria cenas absurdamente chocantes aos comuns, mas com tanta humanidade que as torna compreensíveis, até e principalmente ao cidadão universal moderno, cujo moralismo residual, dentre outras razões, o transformou no consumidor padrão de álcool, cocaína, ansiolítico, sonífero, pornografia e fluoxetina.
Muito interessante o filme.

Título Original: Shortbus
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 101 minutos
Ano de Lançamento (EUA): 2006
Site Oficial: www.shortbusthemovie.com
Estúdio: Fortissimo Films / Process Productions / Q Television
Distribuição: ThinkFilm / Mais Filmes
Direção: John Cameron Mitchell

Sinopse:
"Uma terapeuta de casais que jamais teve um orgasmo e um casal gay, que é seu cliente, se encontram regularmente em um clube underground. Dirigido por John Cameron Mitchell (Hedwig - Rock, Amor e Traição)".

Trailer:


Download via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/72280454/q009.part01.rar
http://rapidshare.com/files/72329062/q009.part02.rar
http://rapidshare.com/files/72330698/q009.part03.rar
http://rapidshare.com/files/72332161/q009.part04.rar
http://rapidshare.com/files/72359417/q009.part05.rar
http://rapidshare.com/files/72365213/q009.part06.rar
http://rapidshare.com/files/72373603/q009.part07.rar
http://rapidshare.com/files/72379692/q009.part08.rar
http://rapidshare.com/files/72387129/q009.part09.rar

Download da legenda em português:
http://www.opensubtitles.org/pt/download/sub/3113748

8 de jun de 2009

Filme: Terra de Ninguém (No Man's Land), dir.Danis Tanovic, 2001

A partir de uma situação mais bizarra que o próprio conflito da Bósnia _ um sujeito ferido na linha divisória entre os dois lados em guerra, que acorda imobilizado em cima de uma mina de fragmentação com vontade de cagar, cercado pelo companheiro que jura não abandoná-lo, vigiando outro, o inimigo que serve de seguro contra o ataque do lado contrário. Para resolver essa situação: forças da ONU, governadas por burocratas acomodados, repórteres recebendo ordem para cumprir idéias mirabolantes de outros burocratas, chefinhos adeptos do sangue ao vivo dá lucro e por aí vai...
É um filme tão desconcertante que desperta remorso pelas boas risadas que damos.
Ótima abordagem sobre péssimo episódio da História.

Destaco o diálogo inicial:
_ Sabe qual a diferença entre o pessimista e o otimista? O pessimista acha que pior é impossível. O otimista sabe que poderia ser pior.
Título Original: No Man's Land
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 88 minutos
Ano de Lançamento (Bélgica): 2001

Sinopse:
"Chiki (Branko Djuric) e Nino (Rene Bitorajac) são dois soldados que lutam por lados opostos em meio a Guerra da Bósnia. Em meio ao combate, eles se vêem ilhados em plena fronteira da guerra. Sem ninguém em quem confiar, sem poder deixar o local sem levar um tiro e ainda com um soldado ameaçando explodir o local caso eles se movam, os dois são obrigados a negociar por suas próprias vidas para poderem sobreviver".


Trailer:
.
Download do filme via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/115974609/Croatia_2001.part01.rar
http://rapidshare.com/files/115976384/Croatia_2001.part02.rar
http://rapidshare.com/files/115978219/Croatia_2001.part03.rar
http://rapidshare.com/files/115980029/Croatia_2001.part04.rar
http://rapidshare.com/files/115981997/Croatia_2001.part05.rar
http://rapidshare.com/files/115984030/Croatia_2001.part06.rar
http://rapidshare.com/files/115986262/Croatia_2001.part07.rar
http://rapidshare.com/files/115988467/Croatia_2001.part08.rar
http://rapidshare.com/files/115990551/Croatia_2001.part09.rar

Senha:
Qw§df43Dd&fF3fgG5&&f4gDD

Download da legenda em português:

http://www.opensubtitles.org/pb/subtitles/3610930/no-man-s-land-pb

ou
Rapidshare

http://rapidshare.com/files/377524198/No.Man_s.Land.part1.rar
http://rapidshare.com/files/377524202/No.Man_s.Land.part2.rar
http://rapidshare.com/files/376906833/No.Man_s.Land.part3.rar

Mediafire

http://www.mediafire.com/download.php?5ehyhw03fz2
http://www.mediafire.com/download.php?w5mjnyutnna
http://www.mediafire.com/download.php?d4tljvnmodi

Senha: lucky

7 de jun de 2009

Filme: Jungfrukällan (A Fonte da Donzela), dir. Ingmar Bergman, 1959

Desde de que o cristianismo furtou e monopolizou a ideia do bem agir, que trocou a obrigação do agir de maneira virtuosa e diligente, consigo e com o próximo, pela prática do bem rezar e bem pagar que um artista da envergadura de Bergman tem assunto pra toda vida. No interior há um ditado que resume toda essa palhaçada de igreja, "pra quem muito reza, a assombração aparece".
O filme é dramático sem ser moroso (é, às vezes Bergman me dá tédio). Talvez um dos melhores do mestre, apesar de o final deixar a desejar, pois ainda dá margem para que se fomente mais ainda a crendice da massa, por isso mesmo ele não é tão grande quanto Buñuel (tem gente que vai querer me matar rsrsrsr).

Sinopse:
"A Fonte da Donzela é um dos filmes mais impressionantes do mestre Ingmar Bergman, no qual ele volta a explorar o imaginário medieval de O Sétimo Selo. Suécia, século XIV. Num país dividido entre o cristianismo e o paganismo, um casal de cristãos fervorosos pede para a filha ir levar velas para a igreja do vilarejo. No caminho, a jovem é estuprada e assassinada por dois pastores, que sem saber acabam indo à casa dos pais da moça para pedir comida e abrigo. Vencedor do Oscar® e do Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro, A Fonte da Donzela traz ótimo elenco liderado pelo grande Max Von Sydow (O Exorcista) e conta com belíssima fotografia de genial Sven Nkvist".

Trailer:

Download do filme via rapidshare:

http://rapidshare.com/files/43389799/IB-VSpring.part1.rar
http://rapidshare.com/files/43394167/IB-VSpring.part2.rar
http://rapidshare.com/files/43398880/IB-VSpring.part3.rar
http://rapidshare.com/files/43403912/IB-VSpring.part4.rar
http://rapidshare.com/files/43408725/IB-VSpring.part5.rar
http://rapidshare.com/files/43413873/IB-VSpring.part6.rar
http://rapidshare.com/files/43418772/IB-VSpring.part7.rar
http://rapidshare.com/files/43359047/IB-VSpring.part8.rar

Senha: http://www.avaxhome.ru/

Download da legenda em português:

http://www.opensubtitles.org/pt/download/sub/3133389
ou
http://www.legendasdivx.com/modules.php?name=Downloads&file=jz&d_op=search&op=_jz00