27 de abr de 2009

Filme: Chicago 10, dir. Brett Morgen, 2007

Direção: Brett Morgen

Elenco: Hank Azaria, Dylan Baker, David Dellinger

Categoria: Documentário, Animação, História

Sinopse: "Documentário, adaptado das transcrições do julgamento, em desenho animado, misturado com gravações reais dos protestos e dos discursos. Em 1968 a Convenção Democrática Nacional em Chicago foi atacada com protestos nas ruas. A guerra do Vietnã dividiu a nação e muitos líderes juvenis, incluindo Jerry Rubin, Abbie Hoffman e outros ativistas/malditos hippies sujos (dependendo de que lado do argumento você estava) organizaram protestos públicos contra a guerra, contra o capitalismo e contra o que eles viram como falhas americanas. 8 desses lideres alguns deles, como Hoffman e Rubin, foram organizadores centrais, e alguns , como Black Panther, Bobby Seale, foram indiciados como autores de Incitação de Revolta e levados a julgamento em Chicago". (da própria rede)

"O que fez "Chicago 10" se sair mais que outros documentários da época foi fundir imagens de TV de arquivo com animação, para reencenar o julgamento e os protestos. Para atrair um público mais jovem, a trilha sonora inclui grupos como Rage Against the Machine, Beastie Boys e Eminem. Hoffman foi preso durante a convenção e, ao lado de seis outros, julgado por conspiração. Os dois advogados de defesa, mais o ativista dos Black Panthers, Bobby Seale, que foi amarrado e amordaçado no tribunal e acabou sendo separado do julgamento, compõem os 10 mencionados no título do filme. Algumas das cenas memoráveis do documentário são as aparições do escritor beat, Allen Ginsberg, cantando mantras de "não violência" frente às tropas de choque, os treinamentos pré-choque com a polícia, os acampamentos e, na minha opinião, a melhor cena de todas é quando as tropas de choque tentam tomar à força o parque e escondem as suas "credenciais" para não serem identificados enquanto espancam homens, mulheres e crianças...".

Brilhante documentário sobre o maior movimento contra a invasão do Vietnã, contudo faço uma ressalva. Sou contra a mania dos artistas estadunidenses de tratar o fato histórico como algo particular, isolado. Como ainda estão incrustados num sistema de força econômica, não revelam, ao contrário do que faz o filósofo Chomsky, os verdadeiros financiadores do imperialismo ianque na época: Kenecott Copper e Anaconda, duas imensas multinacionais americanas de olho no cobre chileno, McDonald-Boeing, United Fruit (dona das lavouras de cana de Cuba), Shell, Telefone e Telégrafo Internacional , famigerada ITT, com mais de duzentos milhões de dólares investidos no Chile, também financiou o golpe brasileiro), o consenso de Washington (considerando o latino americano um povo incapaz e apto apenas a fornecer matéria-prima) etc.

Também senti falta de mostrarem mais a música de Pete Seeger, que silenciou a praça no dia do massacre de Chicago: We Shall Overcome, também gravada por Bruce Springsteen. Além disso podiam mostrar o puxão de orelha de Bob Dylan nos Beatles, provocando a participação de John Lennon na manifestação:


Segunda Versão: Joan Baez

Download do Filme via rapidshare:

  1. http://rapidshare.com/files/224881891/Chicago_10.part1.rar
  2. http://rapidshare.com/files/225115178/Chicago_10.part2.rar
  3. http://rapidshare.com/files/225168138/Chicago_10.part3.rar
  4. http://rapidshare.com/files/225206317/Chicago_10.part4.rar
  5. http://rapidshare.com/files/225248933/Chicago_10.part5.rar
  6. http://rapidshare.com/files/225294685/Chicago_10.part6.rar
  7. http://rapidshare.com/files/225488068/Chicago_10.part7.rar
  8. http://rapidshare.com/files/225524420/Chicago_10.part8.rar

Download da Legenda em Português:

http://rapidshare.com/files/224801534/Chicago10-por.rar

5 comentários:

  1. verdade, Golbery era 'funcionário' da Dow Chemical, eles e também a Monstanto, fabricavam o famigerado agente laranja.

    ResponderExcluir
  2. Eu que corro atrás desse tipo de informação desconhecia a influência da Dow Chemical, pra ver como tudo é feito na surdina. Valeu, Mauro.

    ResponderExcluir
  3. Achei um artigo que diz mais sobre a ligação dele com a Dow Chemical: http://www.espacoacademico.com.br/070/70assuncao.htm

    ResponderExcluir
  4. Bacana, vou ler.
    Acho que você vai gostar de uma crítica ao Elio Gaspari. Digite num site de busca o seguinte: A Ditadura de Gaspari João Amado.

    Esse cara aí desmonta o Gaspari.

    Muito bom esse seu blog, além do mais você escreve bem, coisa que está ficando cada vez mais rara.

    abs

    ResponderExcluir
  5. Acabei de ler a crítica, ela representa o que vem acontecendo no mundo acadêmico: os jornalistas não estão acompanhando a possibilidade de resposta que existe através da internet e cada vez mais estão se tornando motivo de orgulho, para os leitores da Veja, e de piada para os mais esclarecidos! Gostei da dica. Valeu!

    ResponderExcluir