26 de fev de 2010

Filme: Hurt Locker (Guerra ao Terror), dir. Kathryn Bigelow

Filme sobre a Invasão Americana ao Iraque, ironicamente traduzida por Guerra ao Terror (terror por parte de quem?) mais especificamente sobre um esquadrão americano encarregado do desarme de bombas: direção impecável (difícil para uma mulher adotar o ponto de vista masculino: truculento, com jogos e disputas atávicas), filme tenso, realista, movimentado e com boas atuações. Mais forte concorrente ao Oscar contra o milionário Avatar. (US$500 milhões) Até aí, tudo bem.
No entanto, costumeiramente toda arte narrativa envolve o espectador ao expor a vida dos protagonistas, tornando-os familiares e, com isso, gerando naturalmente empatia entre um e outro. Ora, esse filme, afora o virtuosismo técnico da diretora, é em seu sentido mais uma patriotada ianque, que pretende humanizar e justificar por baixo dos panos a criminosa invasão do Iraque em busca de petróleo. Ponto que causa um certo desconforto em que tem senso crítico: por um lado, identifico-me com os personagens, por outro, quando ligo o senso crítico, torço mais para que os soldados ianques, que mataram crianças iraquianas, estupraram mulheres, explodiram famílias inteiras, torturaram pais de família, atiravam bêbados em qualquer um que cruzasse seu caminho, morra da pior morte possível. Soldados americanos comportaram-se como criminosos comuns, numa guerra que por si só já é um crime internacional, sem ser autorizada pela ONU e devem ser julgados por isso.
Embora tudo isso não impeça, com a devida ressalva, de apreciar o filme como ficção (com F maiúsculo).

Realização: Kathryn Bigelow
Ano: 2008
País: EUA
Género: Guerra, Drama, Acção, Thriller
Áudio: Inglês

Download via megaupload:

2 comentários:

  1. Olá..gostaria de saber se esse filme não têm legendas?

    ResponderExcluir
  2. Se não me engano, esta cópia já está com a legenda embutida. Se não tiver, dá um toque. Valeu.

    ResponderExcluir