10 de ago de 2014

 A FILHA DA MINHA MULHER , Dir.Bertrand Blier, França, 1981


A França como pano de fundo fundamental e sine qua non para que a narrativa sutil e profunda de Bertrand Blie flua, sem causar tanto impacto como era de se esperar. Uma jovem de 14 anos que precisa lidar com a morte da mãe, com a recusa de ter que viver com o pai, e ainda assumir seu desejo de seguir e refazer sua vida ao lado do padrasto.Com certeza Bertand Blie na década de 80 foi visionário ao compor esse cenário, que hoje seria socialmente rejeitado. Um complexo de édipo às avessas, dirigido por um mestre que delicadamente nos ensina que incesto é muito mais que um crime condenável. Certamente um dos melhores filmes do diretor.




Gênero: Drama
Direção: Bertrand Blie
Ano: 1981, França
Elenco:  Ariel Besse, Patrick Dewaere, Nathalie Baye
Duração: 123 minutos


Nenhum comentário:

Postar um comentário